A Origem dos Batistas

Publicado neste site no dia:
19 de Janeiro de 2017, Quinta Feira, 19h37
Atualizado: 31 de Janeiro de 2017, Terça Feira, 01h31
Fonte Imagem: batistanovajerusalem.com.br

Há três teorias da origem dos batistas e há, também, seus defensores.

A primeira seria da teoria JJJ ou Jerusalém-Jordão-João. Essa teria vem da linha ininterrupta desde os tempos que João Batista realizava os seus batismos. Defensores: Thomas Crosby, G.H. Orchard, J.H.Cramp, J.M. Carrol, etc.

A segunda seria o parentesco espiritual com os anabatistas.

Explicando a origem do nome: "Ana" quer dizer "de novo" e Batista "que se batiza". Assim, os anabatistas eram aqueles que eram batizados pela Igreja Católica Apostólica Romana e se rebatizavam após adultos (mesmo sendo contestados). Eles mesmos se rebatizavam, não precisando de um padre ou sacerdote. Após terem seus filhos, estes não se batizaram quando crianças pela Igreja Católica; assim sendo apenas "Batistas" ou "Os que se batizam" (apelido dado pelos Católicos). Defensores: David Benodiet, Richard Cook, Thomas Armitago, Albert Henry Newmann, etc.

A terceira teoria afirma que os batistas se originaram dos separatistas ingleses, especialmente aqueles que eram congregacionais na eclesiologia e insistiam na necessidade do batismo somente dos regenerados. Defensores: Augustus Hopking Strong, Henry C. Vedder, Kenneth Scott, Robert G. Torbet, etc.

Os historiadores são unânimes em afirmar que as doutrinas batistas saem diretamente das páginas do Novo Testamento, porque os ensinos de Jesus e dos seus apóstolos são os mesmos ainda hoje defendidos pelos Batistas, pelo estudo sistemático da Bíblia Sagrada que utilizam como normas que orientam sua fé e conduzem suas ações.


DATAS IMPORTANTES DOS BATISTAS NO MUNDO

1609: Primeira Batista do Mundo, por separatistas ingleses.

1612: Primeira Batista Inglesa em Londres.

1636: Primeira Batista Americana.

1792: Batistas ingleses fundam a Primeira Sociedade Missionária e enviam à Índia.

1830: Convenção Batista do Sul dos Estados Unidos.

1859: Primeiro Missionário Batista no Brasil.


DATAS IMPORTANTES BRASILEIRAS

15/10/1882: Primeira Igreja Batista Brasileira em Salvador.

1884: Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro.

1885: Primeira Igreja Batista em Alagoas.

1886: Primeira Igreja Batista em Recife.

1907: Convenção Batista Brasileira.

1960: Décimo Congresso da Aliança Batista Mundial no Maracanã.

1967: Organização da Convenção Batista Nacional.


ALGUMAS DOUTRINAS DOS BATISTAS (Abordagens sobre o Grupo)

1. O Senhoria de Cristo

Jesus é o Messias e Salvador. Peça Fundamental (1Co 3:11), considerada como cabeça da Igreja, pois a Ele foi toda a autoridade(Mt 28:18).

2. A Autoridade e a Suficiência da Palavra de Deus

De acordo com Gl 1:8, devemos analisar o que é falado de acordo com a Palavra de Deus; como por exemplo, os crentes de Beréia (At:17:11) examinando toda afirmação, mesmo que por autoridade eclesiástica.

3. A Competência de cada alma

Vemos que é necessário que cada pessoa seja responsável por si mesma. Santos, pais, mães e qualquer outro tipo de pessoa não podem "dar conta de nós mesmos". "Cada um dará conta de si mesmo a Deus" (Rm 14:12). A condenação do batismo infantil está ligada a essa doutrina por motivo da criança não ter condições de entender o que é certo ou errado, não compreendendo que Jesus é O Nosso Único e Suficiente Salvador.

4. A Igreja se compõe de Membros Convertidos

Essa doutrina acredita que o requisito fundamental para ser membro da Igreja estar arrependido dos seus pecados (2Co 5:17), devido a João Batista e Jesus afirmarem "Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus".

5. A Igreja é uma pura Democracia

Vemos que os direitos têm que ser iguais para todos: pastores, obreiros, membros, etc. Entretanto muitas das vezes as responsabilidades não são aplicadas; alguns tendo privilégios maiores que outros (Ex: amigos, familiares, etc.).

Pela questão de ser sujeito Unicamente à Cristo, muitos recorrem a justiça dos homens por questões a serem resolvidas.

6. O Simbolismo das Ordenanças

Com certeza o batismo e a ceia são simbólicos e não sacramentos.

7. O Batismo é administrado só a Crentes

Vemos que é essencial batizar apenas as pessoas que crêem em Jesus.

8. Somente a imersão é o Batismo

Acreditamos que a maneira correta é a imersão, concordando com a doutrina. Há exceções, mas não podemos fazer das pequenas exceções como doutrina ou regra geral.

9. A Ceia do Senhor

A Ceia é um memorial do amor e da Morte vicária de Jesus e devemos a fazer até que Jesus venha (1Co 11:24-26; Mt 26:26-30).

10. Perseverança e Preservação

A pessoa pode se desviar e Deus trará sempre uma oportunidade da mesma se arrepender; a não ser que ela se apostate da fé.

11. Absoluta Liberdade Religiosa

"A liberdade de conciência, a libertdade absoluta foi, desde o príncípio, um troféu dos batistas".

Vemos que há liberdade de pensamentos e de idéias na Convenção Batista Nacional, desde que não fuja da Palavra de Deus.


O QUE É UMA IGREJA BATISTA

1- Voluntários obedientes a Cristo;

2- Cristo é cabeça;

3- Subordinação as Santas Escrituras;

4- Independência, não sujeitando a outra organização denominacional;

5- Age de acordo com os Ensinamentos de Cristo;

6- A Congregação julga seus próprios atos;

7- Separada do estado no caráter e de funções espirituais;

8- Direitos e privilégios iguais para todos;

9- Cada um é o próprio sacerdote;

10- Ceia e batismo são ordenanças;

11- Liberdade de consciência;

12- Pastores e diáconos, não sobre a Igreja a não sobre a vida moral ilibada.


O PRINCÍPIO FUNDAMENTAL DOS BATISTAS

Os batistas sustentam doutrinas da Bíblia em comum com a maioria das diferentes igrejas cristãs. O que difere não são as doutrinas; mas os princípios.

O princípio é anterior a doutrina.

O princípio por excelência em que aprofundam a vida e o pensamento batista é princípio do individualismo, representando liberdade de pensamento e ações. O indivíduo é livre, de modo que Deus dotou o ser humano de suficiente competência para agir por si próprio. Isso se baseia nos textos bíblicos: Gn 1:26, Gn 3; colocando que o homem é a imagem e semelhança de Deus, sendo um ser pessoal.

O batista pode exercer, sem constrangimento, o direito de adorar e servir a Deus.


NORMAS GERAIS DE CONDUTA DOS BATISTAS

É pelo Espírito Santo que fomos convencidos a aceitar Jesus Cristo como Nosso Único e Suficiente Salvador. É Ele quem trabalha em nós o desejo e a necessidade que temos e sermos transformados, nos conduzindo para o alvo. Nosso alvo é Cristo. Amém.

Estamos comprometidos e fiéis com nossos irmãos em Cristo, não nos reservando em quatro paredes; mas propagando esse Evangelho que liberta.

O Senhor nos abençoe e proteja para que possamos ser fiéis até a morte. Amém.!


Hudson Lebourg
Colunista


Links Relacionados
[Perguntas e Respostas] A Renovação da Igreja Batista
Graça e paz, Eu gostaria de saber se vocês tem alguma matéria a respeito do processo de Renovo da Igreja Batista. Obrigada! :)


[Outras Obras] Os Batista Nacionais (Síntese Histórica)
Renovação Espiritual no Brasil foi a repetição do "fenômeno avivamento", que não surgiu nem surgem num "estalar de dedos". Houve semeaduras em momentos diversos, aqui e ali, por pessoas, por pessoas movidas pelo Espírito Santo. E, como na Parábola do Semeador, parte da semente caiu na "boa terra". Terra que estava ressequida, carente de chuvas. Pelas quais o povo orava. * História da Convenção Nacional como complemento ao artigo A Renovação da Igreja Batista. * Arquivo em PDF contendo 21 páginas. Aproximadamente 147kb. * Retirado do site cbn.org.br;

COMENTE!
Nome:

E-Mail:

Comentário:





& PROTESTANTISMO &
Desde 03 de Agosto de 2008