Julgamento: Correto ou Não?

Publicado neste site no dia:
11 de Agosto de 2016, Quinta Feira, 00h27

Já pensou se julgássemos um ano por um mês ruim? Seria algo como a décima segunda parte ruim de 11 partes boas, sendo utilizada para dar um conceito de um todo. Algo entre 8,33% de um todo de 100%. Isso quer dizer que podem ter 91,77% partes boas. Ou poderíamos julgar um dia de um mês por ele todo? Seria algo como julgar pela trigésima parte de um todo. Algo como 3,33% de um todo de 100%, sendo que poderiam haver 96,77% de partes boas. Correto ou não?

Já pensou se fossemos julgar uma palavra por uma letra? Ou julgar um texto por uma frase? Ou julgar um livro por sua capa ou uma folha? Ou julgar uma música por um acorde? Ou uma melodia por uma nota? Ou um músico por uma música? Ou por um disco? Ou um professor por uma sala que ele dá aula? Ou uma escola por esse mesmo professor? Ou um método de ensino por um teste? Ou um estilo por causa da uma época? Ou uma farmácia por um remédio? Ou um médico por uma operação? Ou o Brasil pelo Sul apenas, ou o Norte? Ou o Brasil por até mesmo apenas Brasília? Ou o ser humano por um dia de sua vida? Ou esse mesmo ser humano por uma atitude de um dia e apenas algumas horas, ou até mesmo minutos? Ou Deus por apenas um Femtômetro a seu respeito? Correto ou não?

Não seria isso, um tipo de avisinhar-se à loucura; como diria o teólogo e humanista Erasmo de Roterdam? Esse último falava sobre outro avisinhamento à loucura; mas acaso isso não seria, também, uma outra espécie?


... "Para se pensar"...


Deus abençoe!


Abraço no amor de Cristo!


Agradecimentos: Hudson Lebourg



Links Relacionados
[Colunista Hudson Lebourg] Réus ou Juízes? Qual dos Dois?
Nos dias de hoje, vemos diversas pessoas querendo ser juízes. No sentido de julgar os outros e dar tarefas difíceis de se realizar. Cobrar oração, evangelismo, jejuns e ir à igreja; quando quem fala isso e cobra não faz. Temos muitos "juízes" e muita teoria. Poucos "exemplos". Quem você pode dar de exemplo? Poucos. Quem se poderia colocar como exemplo que seria realmente "aquele que cobra" e que "faz aquilo que cobra"? Você entendeu, não é?... Não seria "aquele que é cobra". Esses são diversos. Eu falo por aqueles que são verdadeiros ou no mínimo sabem que erram e pedem a misericórdia de Deus; mas não usam o púlpito para colocar fardos pesados para os outros carregarem que nem eles mesmos conseguem carregar. Pastores que "dizem" ser pastores, obreiros que "dizem" ser obreiros; apóstolos que "dizem" ser apóstolos; mas na verdade "querem ser juízes". Quem os constituiu "juízes"?


[Colunista Hudson Lebourg] Por Acaso Quer Julgar Alguém?
Fique a vontade depois de ler esses dizeres!
Jesus diz: "Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós." (Mt 7:2)
Deus, através de Paulo diz: "Para vos envergonhar o digo. Não há, pois, entre vós sábios, nem mesmo um, que possa julgar entre seus irmãos?" (1Co 6:5)


[Colunista Hudson Lebourg] Acepção de Pessoas e a Aparência
Cl 2:20 Se, pois, estais mortos com Cristo quanto aos rudimentos do mundo, por que vos carregam ainda de ordenanças, como se vivêsseis no mundo, tais como:
Cl 2:21 Não toques, não proves, não manuseies?
Cl 2:22 As quais coisas todas perecem pelo uso, segundo os preceitos e doutrinas dos homens;
Cl 2:23 As quais têm, na verdade, alguma aparência de sabedoria, em devoção voluntária, humildade, e em disciplina do corpo, mas não são de valor algum senão para a satisfação da carne.
Cl 3:1 Portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus.
Cl 3:2 Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra;
Cl 3:3 Porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus.
Cl 3:4 Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então também vós vos manifestareis com ele em glória.
Cl 3:5 Mortificai, pois, os vossos membros, que estão sobre a terra: a prostituição, a impureza, a afeição desordenada, a vil concupiscência, e a avareza, que é idolatria;

COMENTE!
Nome:

E-Mail:

Comentário:





& PROTESTANTISMO &
Desde 03 de Agosto de 2008