A Igreja Adventista é uma Igreja que Propõe as Doutrinas do Protestantismo Histórico?

Publicado neste site no dia:
19 de Janeiro de 2017, Quinta Feira, 18h55
Atualizado: 21 de Janeiro de 2017, Sábado, 01h57
Fonte Imagem: adventismonamiradaverdade.blogspot.com.br

Neopentecostalismo, evangélicos de hoje, pentecostalismo, Adventistas do Sétimo Dia, Congregação Cristã do Brasil, Testemunhas de Jeová, etc; não são originárias das Igrejas do protestantismo, mas depois do século XIX.

Conversando com um adventista do Sétimo Dia, ele dizia sobre a questão da Igreja Adventista do Sétimo dia ser originária do protestantismo original, histórico, nos tempos de Lutero e João Calvino.

Em sucessão, podemos ver a seguinte observação de movimentos cristianísticos: anabaptistas, batistas e, logo depois, Adventistas do Sétimo Dia.

Na conversa, abordei sobre algumas distorções do Cristianismo Bíblico que acontece na referida Igreja e comparando-as com algumas Igrejas Neopentecostais, que consideram coisas que nem sempre estão na Palavra de Deus ou excedem um entendimento distorcido sobre A Mesma.

Eis o diálogo que segue:

"É ignorância enquadrar a IASD no mesmo patamar dos neo-pentecostais (que para mim é a mesma coisa que ser renovado ou avivado)”...

Só porque para você é a mesma coisa, não quer dizer que é a mesma coisa. Você terá que estudar a doutrina de cada uma.

As igrejas renovadas são Igrejas tradicionais que crêem com maior intensidade nos dons do Espírito Santo.

https://romaryw.com.br/origem-da-igreja-batista/

Se for ver o contexto de uma Igreja renovada, como por exemplo, as da CBN, pode estudar com o link:

www.cbn.org.br/downloads/manual_basico_batista_nacional.pdf

Veja e diferencie dos Batistas Brasileiros (CBB - Convenção Batista Brasileira).

Eu não enquadrei. Ignorância é falar algo que não se tem certeza.

Se não entendeu, pergunte.

Eu disse:

"Neopentecostalismo, evangélicos de hoje, pentecostalismo, Adventistas do Sétimo Dia, Congregação Cristã do Brasil, Testemunhas de Jeová, etc; não são originárias das Igrejas do protestantismo, mas depois do século XIX."

Deveria perguntar antes de pré-julgar algo. Tudo bem?

"... e testemunhas de jeová (que por sinal não se considera, nem pode ser considerada protestante ou evangélica, mas um movimento restaurador á parte)."

Não é grupo restaurador e sim seita, considerada até pelos próprios Calvinistas que tanto conceitua.

É um cristianismo distante dos demais e do Adventismo do Sétimo Dia, pois não crê na trindade.

"Isso além de disparate pode ser falta de conhecimento histórico e doutrinário. A Igreja Adventista mantém ensinamentos reformistas, tal como proposto pelos reformadores protestantes, sendo embasada nestes princípios como um movimento de continuidade aos ideais bíblicos propostos pela reforma, e por sinal é uma das poucas igrejas não-conformistas com a ICAR e seus sofismas tradicionalistas."

Adventismo do Sétimo Dia não propõe as mesmas coisas que as mesmas coisas que o protestantismo histórico.

Se conhece a história do Adventismo do Sétimo Dia, ele foi implantado após 1800 por Gulherme Miller que era batista.

"Porém se formos analisar quanto á questão de protestantismo histórico, só restam mesmo serem classificados neste grupo os anglicanos, luteranos e reformados (congregacionais e presbiterianos)."

Os batistas apenas foram da mesma época, só não aderindo ao batismo de Lutero e de Ulrich Zwínglio (pedobatismo).

"Não há nenhuma vaguinha nem para os batistas e metodistas (ambos originados de movimentos puritanos e arminianos dissidentes do anglicanismo anos depois da Reforma Protestante), nesta ordem mesmo que estes ainda tenham doutrinas protestantes baseadas nos Ensinamentos da Reforma, tal como os Adventistas e Pentecostais Clássicos."

Não há "vaguinha" porque os anabatistas que eram os que não aceitavam o batista de crianças já existiam antes da reforma.

"Ana" significa "de novo" ou "novamente" e "batistas", respectivamente, "que se batizam".

Assim, já não aceitavam o batismo da Igreja Católica; ficando sempre escondidos para que não fossem achados, já que se soubesse que eles estavam à tona, estariam sendo mortos.

Veja o site dos próprios Calvinistas a que tanto defende:

http://solascriptura-tt.org/IgrejasNosSeculos/AntiguidadeESucessaoBatistas-JHenry.htm

http://solascriptura-tt.org/EclesiologiaEBatistas/NomesDadosAosBatistasDesdeSeculo1-Helio.htm

Vale a pena dar uma estudada!

Espero que tenha entendido!

Deus Abençoe!

Abraços!


Hudson Lebourg
Colunista


Links Relacionados
[Colunista Hudson Lebourg] A Reforma Protestante foi Plano de Deus?
Os erros são do homem e não de Deus. Imagina-se dessa forma que com certeza isso seria uma coisa para que fosse consertado o que o homem fez de errado. Com a Reforma, entendemos que houve mais erros sim; porém isso foi uma questão de desorganização continuada. O criacionismo crê que nós começamos organizados e temos a tendência de nos desorganizar..


[Colunista Hudson Lebourg] O Protestantismo (Documentário)
"A arte era muito importante nas igrejas, antes da Reforma. Muitas pessoas não sabiam ler. O latim da missa o povo não sabia. Os fiéis iam e se sentavam no santuário. Sem saber exatamente o que ocorria, não participavam ativamente da missa. E a arte que eles podiam observar, lendo as figuras que estavam nos vitrais, nas pinturas e nas estátuas, tornou-se muito importante. Mas para alguns aconteceu de a arte se tornar mais importante do que aquilo que era representado. E isso foi parte da crítica da Reforma. Queriam fugir disto: dos que louvavam mais a obra de arte que o seu tema. Lamentavelmente, foram destruídas muitas peças incríveis na Reforma. Algumas pessoas assumiram a posição de que o único meio de cura estava na destruição de toda a arte. E isso foi muito triste." (Katheryn Kimball, Curadora - O Cenáculo Capela e Museu).

COMENTE!
Nome:

E-Mail:

Comentário:





& PROTESTANTISMO &
Desde 03 de Agosto de 2008