ADQUIRA JÁ!
Livro do Colunista Hudson Lebourg
Larry Christenson (1928-2017)

O Pastor Que Liderou A Renovação Carismática Luterana em San Pedro

Publicado neste site no dia:
09 de Agosto de 2018, Quinta Feira, 20h09

O Rev. Larry Christenson, um pastor da Igreja Luterana em San Pedro, foi pioneiro no movimento de renovação carismática que se estendeu para as principais denominações durante a década de 60. Ele morreu de uma forma trágica no ano de 2017, com 89 anos, durante sua caminhada diária de 4 milhas em Minnesota/EUA. Sofreu uma queda e acabou não resistindo.

Christenson liderou a Igreja Luterana Trinity em San Pedro de 1960 à 1982 e, em seguida, serviu novamente de 2004 à 2005. No início dos anos 1970, ele foi um dos fundadores da Luterana Renewal. Junto com o Rev. Paul Anderson, seu sucessor, Christenson foi fundamental para o crescimento e transformação da Luterana Trinity, fundada em 1918 como Igreja Luterana Norueguesa, e incorporado em 1921 como Trinity Evangelical Lutheran Church em San Pedro.

"Quando saí do seminário em 1970, ele tornou meu conselheiro", disse Anderson, que se juntou a Trinity Lutheran como pastor em 1972, servindo por 23 anos. Christenson e Anderson, após terem deixado a Igreja de San Pedro, passaram a servir como diretores da Renovação Luterana em St. Paul. Mas suas influências permanceram.

"Ele era um conselheiro eficaz", disse Anderson sobre seu colega que o descreveu como um intelectual que tinha uma "mente brilhante". Christenson também tinha um "radar de exigências", dizia Anderson.

O atual movimento pentecostal, nascido no centro de Los Angeles pela preletora Aimee Semple McPherson em 1906, ficou restrito por décadas nas denominações como as Igrejas Assembléia de Deus e Quadrangular, onde práticas como serviços de cura e falar em línguas eram um dos preceitos.

Mas, no final dos anos 1960, o movimento começou a estimular as denominações tradicionais mais antigas do Cristianismo e, a medida em que avançava, passou a influenciar as Igrejas Luterana, Episcopal e a Católica Romana.


O Pioneiro
Christenson, dentre outros, foi rápido em abraçar a emoção do que foi visto como uma expressão mais experencial da fé cristã.

"Quando você fala sobre a renovação do Espírito Santo (movimento), algumas pessoas tendem a pensar em alguém que está emocionalmente fora de si", disse Anderson. "Mas ele era um intelectual quieto e estava embasado nas Escrituras. Ele era muito talentoso."

Nascido no dia 10 de Março de 1928, em Northfield, Minnesota, Christenson formou-se com elevado desempenho acadêmico no St. Olaf College, também em Northfield, com um diploma de bacharel em 1952. Ele era membro da Phi Beta Kappa, a mais antiga sociedade de honra nas áreas de ciência e arte liberal dos EUA. Ele também se formou no Luther Theological Seminary (hoje Luther Seminary) em St. Paul no ano de 1959.

Ao crescer, Christenson dividu seu tempo entre Northome e Northfield, em Minnesota. Seu pai, Ade Christenson, foi treinador de futebol do St. Olaf College e, mais tarde, o estádio de futebol foi nomeado em sua homenagem.

Antes de falecer, Ade Christenson era membro da Igreja Luterana de São João em Northfield, a igreja na qual ele foi batizado.


Manteve Laços Com San Pedro
O Rev. Nathan Hoff, atual pastor da Trinity Lutheran, disse que Christenson ainda o visitava periodicamente, e continuava sendo reverenciado e amado pela congregação local.

"Ele era como um avô aqui", disse Holf, lembrando que Christenson o ajudou com seus serviços na Quaresma há alguns anos.

"Ele pensava rápido e tinha uma maneira fácil de se comunicar", disse Holf, acrescentando que o objetivo de Christenson nunca foi de construir uma mega igreja. "Muitas pessoas visitaram a Trinity Lutheran naqueles anos (no início do movimento de renovação), e Christenson mandava a maioria dos visitantes de volta para suas próprias igrejas, dizendo-lhes: 'Você recebeu uma renovação em sua própria fé e é este o plano de Deus para você, então seja útil para sua igreja'".

Christenson foi autor de vários livros, sendo o mais conhecido "The Christian Family" publicado em 1970. Outros incluíam "Speaking in Tongues" (1968); "Infant Baptism" (1973); "The Renewed Mind" (1974); "Charismatic Renewal Among Lutherans" (1976); "Back to Square One" (1979); "Welcome, Holy Spirit" (1987); e "Ride the River" (2000).


Frutos do Movimento Permanecem
Apesar do movimento carismático ter diminuído, seus frutos deixaram mudanças duradouras, dizia Hoff.

"O movimento foi controverso em muitos aspectos", disse Hoff. "Mas o impacto foi importante. Antes deste movimento começar, não haviam pequenos grupos ou canções novas na igreja. Não havia aquele foco de cada membro de ter um dom e um ministério na igreja."

Christenson era um homem disciplinado, dizia Anderson, que memorizara todo o livro de Efésios e o usava quando orava durante suas caminhadas diárias. Estava fazendo frio quando ele saiu para o que seria sua última oração no dia 21 de dezembro. A queda o deixou hospitalizado e em coma antes de sua morte, cinco dias depois.

Ele viveu com sua esposa de 66 anos, Nordis, e tiveram três filhos, Tim de Springfield na Virgínia, Stephen de Munique na Alemanha, e Arne de Oakton na Virgínia; também teve uma filha, Laurie Kuck, de Ypsilanti em Michigan; uma irmã, Joanne May de Minnetonka em Minnesota; além de 18 netos e 5 bisnetos.

Os serviços ainda estão pendentes.

Hoff disse que a notícia da morte de Christenson foi um choque para aqueles que o conheciam em San Pedro.

"Acho que todo mundo ficou realmente muito surpreso", disse Hoff. "Estamos planejando comemorar o 100o aniversário da Igreja em alguns anos e eu esperava que ele estivesse aqui. Mas não vejo como uma tragédia. Ele teve uma vida bem vivida."


Fonte: Daily Breeze
Tradução: Marcell de Oliveira



Links Relacionados
[Biografias] Smith Wiggleswort
Smith Wigglesworth (Menston, 8 de junho de 1859 — Wakefield, 12 de março de 1947) foi uma importante figura religiosa britânica, do fim do Século XIX, importante para a história do início do pentecostalismo. Smith Wigglesworth (1859-1947), um inglês, nasceu em uma família pobre. Sua esposa, Polly, o ensinou a ler depois de casados em 1882, e ele nunca leu outro livro senão a Bíblia. Assim como no caso de outras pessoas que experimentaram milagres de cura, uma cura pessoal (peritonites) voltou a sua atenção à cura divina. Até que recebeu o batismo com o Espírito Santo, em 1907, ele tinha um negócio secular e ajudava sua esposa em uma missão. Ela era uma pregadora, e estava constantemente dando testemunho a outras pessoas, ganhando almas para o reino.


[Biografias] Philipp Jacob Spener
Philipp Jacob Spener (Rappoltsweiler, Alsácia, 13 de janeiro de 1635 — Berlim, 5 de fevereiro de 1705) foi um teólogo luterano alemão, considerado o pai do Pietismo protestante. Era um autodidata que cedo percebeu o fato da Reforma Protestante não estar completa. Em sua vida, entrou em contato com importantes teólogos e seus livros, tendo estes exercido influência direta em suas obras posteriores.

COMENTE!
Nome:

E-Mail:

Comentário:





& PROTESTANTISMO &
Desde 03 de Agosto de 2008