John Smyth (1570-1612)
John Smyth (1570 - 28 de agosto de 1612) foi um dos primeiros batistas, ministro da Igreja Anglicana e defensor do princípio da liberdade religiosa. Alguns historiadores o consideram como um dos fundadores da Igreja Batista.


Início da Vida
Smyth foi filho de um pequeno proprietário rural de Sturton-le-Steeple, Nottinghamshire, e educado localmente na Queen Elizabeth's High School, em Gainsborough.


Ordenação
Foi ordenado como sacerdote anglicano em 1594, na Inglaterra. Logo após sua ordenação, rompeu com a Igreja da Inglaterra e partiu para a Holanda, onde fundou uma congregação e começou a estudar a Bíblia intensamente. Logo após voltou para a Inglaterra.


Batismo Adulto
Smyth, discordava da política e de alguns pontos da doutrina da Igreja Anglicana e após uma aproximação com os menonitas em 1609, examinando as Escrituras, creu na necessidade de batizar-se com consciência e em seguida batizou os demais fundadores da igreja, constituindo-se assim a primeira Igreja Batista organizada. Até então, o batismo não era por imersão, só os batistas particulares, por volta de 1642, adotaram oficialmente essa prática tornando-se comum depois a todos os batistas. A primeira confissão dos particulares, a Confissão de Londres de 1644, também foi a primeira a defender o imersionismo no batismo.


Influência Menonita
Antes de sua morte, na Holanda em 1612, Smyth começou a se desligar da denominação batista e levar o seu rebanho para a Igreja Menonita. Apesar de ter morrido antes que isso acontecesse, a maioria de sua congregação se uniu com os menonitas depois de sua morte. Isto provocou uma separação entre ele e um grupo liderado por Thomas Helwys.


Fonte: Wikipédia




O que você tem a dizer sobre John Smyth?
Nome:

E-Mail:

Comentário:






& PROTESTANTISMO &
Desde 03 de Agosto de 2008