ADQUIRA JÁ!
Livro do Colunista Hudson Lebourg
Greg Bahnsen (1948-1995)


Publicado neste site no dia:
10 de Agosto de 2018, Sexta Feira, 19h12

Greg L. Bahnsen (17 de setembro de 1948 - 11 de dezembro de 1995) foi um filósofo, apologista e orador calvinista americano. Ele era ministro da Igreja Presbiteriana Ortodoxa e estudou em tempo integral na Residência do Centro de Estudos Cristãos do Sul da Califórnia (SCCCS). Ele também era considerado um contribuinte para o campo da apologética cristã através da popularização do método pressuposicional de Cornelius Van Til. Ele também era o pai de David L. Bahnsen, um gerente de porfólio americano, autor e comentarista de televisão.


Infância e Educação
Ele foi o primeiro dos dois filhos de Robert e Virginia Bahnsen em Auburn, Washington, e cresceu em Pico Revera, Califórnia. Na sua juventude, Bahnsen se envolveu em uma série de problemas de saúde, das quais a mais grave foi um problema de plaqueta sanguínea que dificultou a interrupção do sangramento. Ele também teve problemas cardíacos que vieram à tona apenas durante o primeiro exame médico de admissão em faculdades.

Criado na Igreja Presbiteriana Ortodoxa, Bahnsen participou ativamente de atividades religiosas. Ele começou a ler a apologética de Cornélius Van Til quando ainda estava no Ensino Médio. Enquanto cursava no Westmont College, ele começou a escrever para a Fundação de Rousas J. Rushdoony e logo passou a admirar as fortes convicções calvinistas deste último.

Em 1970, Bahnsen formou-se com um elevado desempenho acadêmico no Westmont College, recebendo seu diploma de B. A. em Filosofia. De lá, ele foi para o Seminário Teológico de Westminster, na Filadélfia, onde estudou com Cornelius Van Til. Os dois tornaram-se amigos próximos. Quando se graduou em maio de 1973, ele recebeu dois graus ao mesmo tempo, Mestre em Divindade e Mestre em Teologia, bem como o prêmio William Benton Greene em apologética e um Richard Weaver Fellowship do Intercollegiate Studies Institute. Sua próxima parada acadêmica foi na Universidade do Sul da Califórnia (USC), onde estudou filosofia especializando-se na teoria do conhecimento. Em 1975, após ter recebido a ordenação na Igreja Presbiteriana Ortodoxa, tornou-se professor associado de Apologética e Ética no Seminário Teológico Reformado em Jackson, Mississippi. Durante o tempo em que ele esteve lá, completou seus estudos na USC recebendo seu Ph.D. em 1978.


Mais tarde...
Um dos pilares originais da Reconstrução Cristã, Bahnsen foi um dos principais proponentes da teonomia, do pós-milenismo e da apologética pressuposicionalista. Ele chegou a lecionar para cristãos de muitas faculdades e conferências, não apenas nos EUA, mas também na Escócia e na Rússia. Ele também publicou vários artigos, além de possuir mais de 1700 fitas de áudio, vídeos, artigos e livros em seu nome.

A defesa oral de Greg Bahnsen nas questões do Reconstrucionismo Cristão e da teonomia foram altamente controversas durante a sua vida, e um debate público relativo à teonomia levou à sua demissão no Seminário Teológico Reformado em Jackson, Mississippi. Além disso, ele era conhecido por seus debates públicos sobre apologética, teonomia, religião (como catolicismo romano, islamismo e judaísmo) e uma variedade de questões sócio-políticas (como o aborto, controle de armas e homossexualidade).

Bahnsen é talvez o mais conhecido por seus debates com importantes ateus como George H. Smith, Gordon Stein e Edward Tabash. O debate com Stein marcou um dos primeiros usos de um argumento transcendental para a existência de Deus (TAG).

Em 1994, surgiu uma controvérsia depois que o filósofo ateu Michael Martin recebeu uma informação, três semanas antes de um debate marcado com Bahnsen, "que Banhsen não debateria a menos que Martin autorizasse por escrito ao SCCCS para gravar o debate" em apoio ao SCCCS. Martin recusou alegando que "não queria que a SCCCS lucrasse com a sua participação", sendo assim a SCCCS recusou a deixar Bahnsen debater sem que o debate fosse gravado. O debate foi então cancelado. Desde aquela época, Martin respondeu ao uso de TAG por Bahnsen em seus próprios debates com Michael Butler, John Frame e Douglas Jones, e publicou seu "Argumento Transcendental pela Não-Existência de Deus" no jornal New York Times, Associação de Racionalistas e Humanistas da Zelândia, bem como em ensaios publicados na Secular Web.


Morte
Devido a seus problemas de saúde ao longo da vida, Bahnsen teve que passar por uma terceira cirurgia de implante de válvula aórtica no dia 5 de dezembro de 1995. Após a conclusão da operação, complicações graves desenvolveram-se dentro de vinte e quatro horas. Ele então entrou em coma por vários dias e morreu em 11 de dezembro de 1995 com a idade de quarenta e sete anos.


Obras
- Always Ready: Directions for Defending the Faith;

- Van Til's Apologetic: Readings and Analysis;

- Theonomy in Christian Ethics;

- By This Standard: The Authority Of God's Law Today;

- No Other Standard: Theonomy and Its Critics;

- House Divided: The Breakup of Dispensational Theology with Kenneth Gentry;

- Homosexuality: A Biblical View;

- Five Views on Law and Gospel (Chapter contribution);

- Foundations of Christian Scholarship (2 Chapter Contributions);

- God and Politics: Four Views on the Reformation of Civil Government (Chapter contribution);

- Theonomy: An Informed Response (2 Chapter contributions);

- Victory in Jesus: The Bright Hope of Postmillennialism;

- Presuppositional Apologetics: Stated and Defended (Edited by Joel McDurmon);



Fonte: Wikipédia
Tradução: Marcell de Oliveira



Links Relacionados
[Biografias] Rousas John Rushdoony
Rousas John Rushdoony (25 de abril de 1916 - 8 de fevereiro de 2001) foi um filósofo calvinista, historiador, teólogo e é amplamente considerado o pai do Reconstrucionismo Cristão, sendo uma inspiração para o moderno movimento Homeschool cristão.






[Biografias] Cornelius Van Til
Cornelius Van Til foi o sexto de oito filhos de Ite e Klazina Van Til. Em 1905, Kornelis Van Til (grafia holandesa de seu nome) imigrou para os Estados Unidos junto com seus pais e irmãos. Ele cresceu auxiliando na fazenda da família, em Highland, estado de Indiana. Estudou no Calvin Preparatory School, onde se preparou para o seminário, e entrou no Calvin Seminary.





[Biografias] João Calvino
João Calvino (Noyon, 10 de Julho de 1509 — Genebra, 27 de Maio de 1564) foi um teólogo cristão francês. Calvino teve uma influência muito grande durante a Reforma Protestante, uma influência que continua até hoje. Portanto, a forma de Protestantismo que ele ensinou e viveu é conhecido por alguns pelo nome Calvinismo, mesmo se o próprio Calvino teria repudiado contundentemente este apelido. Esta variante do Protestantismo viria a ser bem sucedida em países como a Suíça (país de origem), Países Baixos, África do Sul (entre os africânderes), Inglaterra, Escócia e Estados Unidos da América.

COMENTE!
Nome:

E-Mail:

Comentário:





& PROTESTANTISMO &
Desde 03 de Agosto de 2008