As Igrejas Episcopal e Congregacional
Publicado neste site no dia:
Dia não identificado, ano 2008

Protestante Episcopal
A Igreja da Inglaterra foi a primeira igreja protestante a se estabelecer na América do Norte, e o seu primeiro serviço religioso foi celebrado na Califórnia, no ano de 1579 por Francis Drake. Contudo, só em 1607, com a fundação de Jamestown, Virgínia, essa Igreja assumiu forma definitiva. A Igreja da Inglaterra era a única reconhecida no período primitivo da Virgínia, e outras colônias do sul. Quando Nova Iorque, que foi colonizada pelos holandeses, tornou-se território, em 1664, a Igreja da Inglaterra ai foi estabelecida como igreja oficial da colônia, enquanto que outras formas de culto eram permitidas.

A todo clérigo desta igreja era exigido um juramento de lealdade à coroa britânica, e, como resultado natural, quase todos eles foram leais a ela, na guerra da independência. Nessa época, perseguidos, muitos clérigos deixaram o país e, no fim da guerra era difícil achar quem quisesse ocupar as paróquias vazias, principalmente porque o requisito na ordenação que exigia lealdade à Inglaterra, não podia ser satisfeito. Porém, em 1784, o Rev. Samuel Seabury, de Connecticut, recebeu consagração de bispos escoceses, que não exigiamm o voto de lealdade à coroa inglesa.

Nos Estados Unidos essa igreja tomou o nome oficial de Igreja Protestante Episcopal, perdendo toda e qualquer ligação com a Igreja da Inglaterra.

Essa igreja reconheceu três ordens no seu ministério: bispos, sacerdotes e diáconos, e aceitou quase todos os trinta e nove artigos da Igreja Inglesa, modificando apenas para adaptá-los ao modelo de governo eclesiástico americano. Sua autoridade legislativa constituiu-se de uma convenção geral que se reúne a cada três anos, e é formada por uma Câmara de bispos, e uma outra de delegados, clérigos e leigos por convenção nas diferentes dioceses.


Congregacionais
Depois da Virgínia sob a Igreja da Inglaterra, a segunda região colonizada foi a Nova Inglaterra. Foi colonizada pelos "Peregrinos", que chegaram a Plymouth, na Baía de Massachusetts em 1620. Eram "independentes" ou "congregacionais" e formavam o elemento mais radical do movimento puritano inglês, exilados da Inglaterra na Holanda, por causa de suas idéias. Agora buscavam um lugar nas terras do Novo Mundo. Antes de desenbarcarem em Plymouth se organizaram como uma verdadeira democracia, com um governador e conselho eleitos por voto popular, ainda que debaixo da bandeira inglesa. A princípio não se separaram da Igreja da Inglaterra, mas se consideravam reformadores dentro do seio da igreja. Eles tinham uma forma de pensar e de adorar a Deus completamente diferente da adotada pela Igreja da Inglaterra, por essa razão foram duramente perseguidos pelas autoridades da dita igreja.

Tinham, como os presbiterianos, um credo fundamentalmente calvinista, diferindo apenas na forma de governo, pois eram congregacionais. Desde 1852 o sistema congregacional tem alcannçado um rápido desenvolvimento nos Estados Unidos. Em 1931 a Igrea Congregacional e a Igreja Cristã Congregacional, tinham quase dois milhões e quinhentos mil membros e mais de oito mil igrejas organizadas só nos Estados Unidos.


Fonte: História da Igreja, Dos Primórdios à Atualidade. Autor: Raimundo Ferreira de Oliveira. Adaptado para o curso da EETAD.



Links Relacionados
[Estudos & Reflexões] Os Santos e a Virgem Maria no Anglicanismo
Escrever sobre Anglicanismo sempre é um prazer, mas também preciso comentar que proclama uma grande tristeza no meu coração. É um grande prazer, porque sinceramente, acredito que o Anglicanismo é a expressão mais próxima ao Cristianismo primitivo. Em outras palavras, Anglicanismo no seu melhor, é o melhor tipo de Cristianismo. Anglicanismo no seu pior, é o pior tipo de Cristianismo.


[Estudos & Reflexões] O Anglicanismo é Protestante ou Católico?
O Anglicanismo é a forma mais debatida de Cristianismo. Não apenas é julgado em uma variedade de maneiras por estranhos ou espectadores, mas também pelos próprios anglicanos. Até mesmo para alguém que tenha passado grande parte de sua vida no mundo anglicano, não é fácil desembaraçar o nó e entender mal sobre o Anglicanismo.

O que você tem a dizer sobre as Igrejas Episcopal e Congregacional Norte Americana?
Nome:

E-Mail:

Comentário:





& PROTESTANTISMO &
Desde 03 de Agosto de 2008