A Igreja na América do Norte
Publicado neste site no dia:
Dia não identificado, ano 2008

O Cristianismo na América procedeu do Velho Mundo. Na América do Norte, para cuja colonização várias raças contribuíram, ainda que um só tipo de Cristianismo tenha dominado no começo colonial, o resultado era a enorme variedade de modos de expressá-lo, e uma necessária tolerância mútua, que muito contribuiu para o surgimento de plena liberdade religiosa.

Ali, onde o contato entre esses vários tipos de igrejas tem sido constante, o princípio da independência quanto ao controle do Estado, domina desde o movimento separatista nacional. Ali é bem diferente o sistema de governo eclesiástico em relação às normas européias, o que permite à Igreja na América do Norte possuir uma espécie de governo com modelo propriamente americano.

Diversas igrejas européias cedo lançaram suas raízes no solo americano, com total Êxito quanto às dificuldades de transplantação. O Cristianismo americano pode ser visto como parte integrante do desenvolvimento religioso da cristandade européia; o cedo aparecimento de seus aspectos "americanos", o revelam como um movimento inovador da Igreja nos séculos seguintes.

Ao tratar das igrejas na América do Norte, e especialmente nos Estados Unidos, por uma questão de espaço, limitamo-nos a mencionar aquelas consideradas mais importantes, dignas de maior atenção, indo desde a Igreja Católica Romana até a Igreja "Irmãos Unidos em Cristo".


Fonte: História da Igreja, Dos Primórdios à Atualidade. Autor: Raimundo Ferreira de Oliveira. Adaptado para o curso da EETAD.



Links Relacionados
& Não há links relacionados no momento;

O que você tem a dizer sobre a Igreja na América do Norte?
Nome:

E-Mail:

Comentário:





& PROTESTANTISMO &
Desde 03 de Agosto de 2008