A Hierarquia Protestante
Leonardo Dornas

Olá, meu nome é Leonardo Dornas, sou católico e navegando pela internet me deparei com o site de vcs (http://protestantismo.com.br), lá tem uma seção "perguntas e respostas" e várias pessoas fazem várias perguntas enfim...quando vcs respondem àquelas perguntas vcs respondem com que autoridade? Em nome de quem?

Sei que vão me responder que usam a bíblia que é a palavra de Deus e só nela há as respostas (solla scritura) sei que vão responder isso... também creio que a Bíblia seja a palavra de Deus, disso não tenho dúvidas mas minha pergunta é um pouco mais detalhada. Por exemplo, existem milhares de denominações protestantes especialmente no Brasil, em nome de qual delas vcs estão respondendo? afinal um mesmo texto bíblico pode ser interpretado de muitas formas, no caso da Santa Igreja Católica temos o magistério da Igreja e a Tradição e temos sempre a garantia que o ensinamento na igrejinha aqui na minha cidade é o mesmo na Capela São Pedro no Vaticano, claro que não com as mesmas palavras mas o ensinamento a respeito de questões de fé é sempre o mesmo afinal temos o catecismo da Igreja, Documentos da Igreja, etc e estamos subordinados hierarquicamente ao Vaticano e vcs protestantes tem alguma subordinação hierárquica? respondem em nome de alguém? Quando um protestante fala que a Igreja Evangélica tem tal entendimento esse entendimento é da Igreja Evangélica a qual aquela pessoa pertence? é o entendimento daquela denominção ou é o entendimento de todas as denominações evangélicas existentes? Se a resposta de vcs for que o entendimento é de todas as denominações quem me garante isso? No caso da Igreja Católica quem garante é o Papa que é a instância final em se tratando de fé e no caso dos protestantes quem garante?

Apesar de minha pergunta soar como uma provocação não a interpretem assim por favor, pergunto por curiosidade mesmo. É que tenho receio da liberdade de interpretação e do fundamentalismo bíblico existente por aí. Já foi dito uma vez que "a bíblia é como uma pessoa que torturada fala tudo que o carrasco quiser".

Grato
Leonardo Dornas



------------


Prezado Leonardo Dornas,
Graça e Paz do Senhor Jesus Cristo
Bendito seja Deus, o Senhor de nossas vidas
A Razão do nosso viver

Querido de Deus,
o site Protestantismo é voltado para todas as denominações protestantes. Pois a maioria dos conteúdos publicados no site não são de nossa autoria.

Quando recebemos uma pergunta de um internauta por exemplo, meditamos nas Sagradas Escrituras e também fazemos pesquisas em outros sites (ou livros/revistas) com conteúdos que sejam coerentes com as Sagradas Escrituras. Pesquisamos em fontes de qualquer denominação protestante: assembleiano, presbiteriano, luterano, batista, etc. Como o amado ja respondeu, nossas respostas se baseiam nas Sagradas Escrituras.

Nós não carregamos as Sagradas Escrituras como única fonte de registro histórico nesse mundo. E sim como única fonte infalível de fé normativa para a vida e o caráter cristão. Alguns protestantes erram ao dizer, por exemplo, que dinossauros não existiram só porque não há registros bíblicos sobre eles. É preciso comprovar em outros registros históricos confiáveis se tais animais existiram ou não. Como tudo indica nas escavações arqueológicas. Existiam sim, os dinossauros. Mas isso é uma outra questão, só estou citando um exemplo.

O amado também citou a respeito da hierarquia. Em nome de quem estamos falando? Quem é o chefe final do Protestantismo? No Protestantismo existem denominações grandes e denominações pequenas. Portanto a hierarquia é um pouco diferente.

As Igrejas Batistas, por exemplo, possuem a Convenção Batista Brasileira que é o órgão máximo da denominação batista no Brasil. É a maior convenção batista da América Latina, é ela que define o padrão doutrinário e unifica o esforço cooperativo dos batistas do Brasil. (www.batistas.com).

As Igrejas Assembléia de Deus possuem a Convenção Geral das Assembléias de Deus no Brasil que tem o mesmo objetivo da Convenção Batista para os protestantes das Igrejas Assembléia de Deus. (www.cgadb.com.br).

As Igrejas Luteranas possuem a Convenção Nacional Luterana.

Igrejas Presbiterianas possuem a Convenção Presbiteriana Internacional.

Fora as Convenções Protestantes de outros países também.

Essas são algumas denominações grandes.

Porém existem as denominações pequenas que, infelizmente, são alvos de chacota até dos próprios protestantes. O site "oskaras.com", lista 97 nomes esquisitos de igrejas que algumas delas são: Igreja da Água Abençoada, Igreja Evangélica Abominação à Vida Torta, Igreja Barco da Salvação, Igreja Cristo é Show, Igreja Evangélica Florzinha de Jesus, Igreja Pentecostal Planeta Cristo, etc.

Não sabemos o porque existem tantas igrejas assim com nomes meio que sem criatividade. São igrejas independentes que não apresentam uma hierarquia estruturada.

Segundo o site "evangelizacao.blog.br",
Diante de tantas denominações protestantes, sejam elas grandes ou pequenas, existem dois pontos fundamentais: A Essência do Cristianismo e as Posições Secundárias. A Essência do Cristianismo nos une, pois todos os verdadeiros evangélicos, não importa qual denominação, sabem que necessitam viver uma vida em santidade. Acreditam que a salvação é pela Graça de Deus mediante a Fé em Jesus Cristo. Que o Senhor Jesus Cristo morreu na cruz do calvário em nosso lugar, morte substituta. Que o Senhor Jesus Cristo ressuscitou ao terceiro dia, foi para o Reino dos Céus e voltará em breve para buscar a sua Igreja.

E Posições Secundárias.
Que são as posições que fazem com que as denominações sejam diferentes entre sí.
Por exemplo: Posições teológicas, Modelos Administrativos (presbitério, episcopal ou congregacional), Nichos (igrejas com linguagens para jovens, por exemplo), Usos e Costumes (tipo de roupas, corte de cabelo), Tradição, Expansões Missionárias, etc.

Porém, tais posições não interferem na nossa unidade.
Ja presenciamos Pastor presbiteriano (Tradicional) sendo convidado a pregar na Igreja Assembléia de Deus (Pentecostal), por exemplo. Ja presenciamos grupos de oração universitário, onde jovens universitários se unem para orações. E são jovens de diferentes denominações que fazem comunhão uns com os outros. Para honra e glória do Senhor e Salvador Jesus Cristo.

E quem lhe garente tais respostas?
Bem, Beréia é uma pequena cidade no lado oriental das Montanhas Vermion (Norte do Olimpo), onde Apóstolo Paulo pregou e os bereanos examinavam as Escrituras para ver se suas pregações eram verdadeiras. Leia Atos 17:10-13.

E não discordo do amado ao dizer: "a bíblia é como uma pessoa que torturada fala tudo que o carrasco quiser". A Palavra de Deus é também como uma arma. E arma em mãos erradas é perigosa. E o Senhor Jesus Cristo advertia a respeito disso.

No Ev. S. Mateus capítulo 7, o Senhor Jesus Cristo fala a respeito dos falsos profetas que vem como ovelhas mas que, na verdade, não passam de lobos devoradores. Em Hebreus capítulo 13 está escrito para não nos entregar às doutrinas várias e estranhas.

Doutrinas que mostram bens materiais como único sinal de benção na vida dos homens. (Heresia)
Doutrinas que negam a Divindade do Senhor Jesus Cristo. (Heresia)
Doutrinas que mostram um outro Caminho para a Salvação além de Cristo. (Heresia)

Enfim,
devemos estar atentos. Pois nem todos os que dizem "Senhor, Senhor" herdará o Reino dos Céus. (Ev. S. Mateus 7.21-23)

Então, são verdadeiras igrejas protestantes aquelas que seguem:
Jesus Cristo, o Senhor Deus Único e Verdadeiro digno de toda honra, glória e louvor (Jo 5.23; Sl 50.14; Sl 24.8);

Nas Sagradas Escrituras como única regra infalível de fé normativa para a vida e o caráter cristão (2 Tm 3.14-17);

Na virgindade de Maria quando deu à luz o Senhor Jesus Cristo, a sua crucificação, a sua ressurreição e ascensão aos céus. (Is 7.14; At 1.9; Rm 8.34);

No perdão pelos pecados, na salvação presente e perfeita e na eterna justificação da alma recebidos gratuitamente de Deus pela fé no sacrifício efetuado pelo Senhor Jesus Cristo em nosso favor (At 10.43; Rm 3.24-26 e 10.13; Hb 5.9 e 7.25);

Na vida eterna de gozo e felicidade para os fiéis e de tristeza e tormento para os infiéis (Mt 25.46);

Se uma igreja deixa de seguir um desses princípios, não é protestante.


Agradecemos gentilmente pela sua atenção.


Deus te abençoe e te guarde!


Seja bendito o Nome do Senhor desde agora e para sempre, amém.
Marcell de Oliveira
Webmaster Protestante Online




O que você achou do artigo?
Nome:

E-Mail:

Comentário:





& PROTESTANTISMO &
Desde 03 de Agosto de 2008