Igrejas na Holanda Viram Bares, Cafeterias e Livrarias

País tomou decisão após pesquisa apontar que 44% da população é formada por ateus

Publicado neste site no dia:
04 de Agosto de 2016, Quinta Feira, 23h33

País, colorido, criativo e liberal, a Holanda é um destino que atrai os visitantes principalmente por suas belezas e curiosidades. Por aqui você já ficou sabendo que a nação das tulipas, das bicicletas e das leis inusitadas abriga um hotel para fãs de vídeo game, uma floresta flutuante e um abrigo para refugiados que é uma antiga prisão. A criatividade do povo holandês parece não ter limites. Após uma pesquisa apontar que 44% da população dos Países Baixos é formada por ateus, a necessidade de ter tantas igrejas e templos religiosos não faz sentido. Esses locais, então, estão sendo substituídos por museus, cafeterias e muito mais.

Além de vazios, os templos do país não conseguem mais se manter, pois as ordens religiosas não têm recursos para isso. Para não desperdiçar espaço, além de incentivar a cultura e o encontro entre pessoas, os edifícios que antes abrigavam igrejas, agora são utilizados por livrarias, cafés, salão de cabeleireiro, pistas de dança, restaurantes, casas de show e outros estabelecimentos do tipo.

A população da Holanda é formada por 44% de ateus, 28% de católicos, 19% de protestantes, 5% de muçulmanos e 4% de fiéis de outras religiões. Apesar de a maior parte dos habitantes ainda acreditar em alguma crença, nem todos são assíduos frequentadores de celebrações e cultos religiosos, assim como acontece em outros países.

Os novos estabelecimentos estão agradando a população. Entre os mais elogiados destaca-se a Maastricht, onde hoje funciona a livraria Selexyz, que exibe uma arquitetura impressionante. O Café Olivier, situado em Utrecht, também ficou bonito e agradável. Perto dali, na capital, Amsterdã, uma igreja do século 19 virou o "templo do pop", o Paradiso, onde se apresentam badaladas bandas de rock e cantores nacionais e internacionais, entre os quais alguns brasileiros, como o Seu Jorge.


Fonte: Terra



Links Relacionados
[Artigos Interessantes] Igrejas Fecham as Portas na Europa
O rápido enfraquecimento da fé cristã na Europa resultou no fechamento de muitas igrejas, que por estarem vazias, tiveram de ser vendidas. Locais de adoração a Deus se tornaram academias, supermercados, lojas e até bares. Na Europa, o cenário de outras religiões é muito diferente do cristianismo. O Judaísmo Ortodoxo, que é o judaísmo predominante na Europa, tem se mantido relativamente estável. Por outro lado, o Islamismo cresceu pela influência de imigrantes da África e do Oriente Médio, e pelo alto índice de natalidade das famílias muçulmanas.


[Artigos Interessantes] Chacina em Paris Mostra Falhas do Multiculturalismo Anticristão
O que aconteceu na França em 7 de janeiro, quando raidicais islâmicos mataram quase a redação inteira do semanário francês Charlie Hedbo, foi uma barbárie que aponta para um terrível erro cometido pelos europeus nas últimas décadas: a descristianização do seu continente e a adesão cega à teoria multiculturalista.


[Artigos Interessantes] Ateus Saem do Armário em Londres
"Deus provavelmente não existe. Agora, pare de se preocupar e aproveite a vida". Este é o slogan de uma grande campanha, com anúncios em ônibus e metrôs da capital britânica, que pretende estimular os ateus a saírem do armário. A idéia começou com um certo tom de brincadeira, quando a comediante Ariane Sherine (foto) sugeriu que um "ônibus ateu" circulasse pela cidade como contrapartida às propagandas religiosas que condenavam os não-cristãos ao inferno.


[Artigos Interessantes] A Escola Dominical dos Ateus
"Nas manhãs de domingo, a maioria dos pais que não acredita no Deus dos cristãos, ou em qualquer deus, provavelmente estará tomando café da manhã ou numa divertida partida de futebol com as crianças, ou fazendo alguma tarefa doméstica ou, com sorte, dormindo. Sem religião, não há nenhuma necessidade por igreja, certo? Talvez. Mas alguns não crentes estão começando a achar que necessitam de algo para os seus filhos. 'Quando você tem crianças', diz Julie Willey, uma engenheira de design, 'você começa a notar que seus colegas de trabalho ou amigos têm uma igreja e se reúnem para ajudar a ensinar os valores às crianças'. Assim, todas as semanas, Willey, que é budista e nunca acreditou em Deus, e o marido dela colocam suas quatro crianças em uma minivan azul e vão ao Centro da Comunidade Humanista de Palo Alto, Califórnia, para a escola dominical ateísta."


[Artigos Interessantes] Aos Domingos, Igrejas Chinesas Teriam Mais Fiéis do que Todas Européias
Igrejas na China estão transbordando à medida que se multiplica o número de cristãos no país. No passado, a repressão política levou muitos a se converterem em segredo. Seriam as conversões atuais uma reação ao capitalismo selvagem? É impossível dizer ao certo quantos cristãos existem hoje na China mas ninguém nega que o número cresce rapidamente.


[Artigos Interessantes] Ex-Ateu Cria Organização para Acabar com "Rótulos" Sobre Cristãos
Preocupações com a face do Cristianismo levaram um ex-ateu a formar uma organização sem fins lucrativos para abordar a hipocrisia da Igreja. A organização sem fins lucrativos Changing The Face of Christianity (Mudando a Face do Cristianismo) com sede no Texas, é uma resposta direta aos não-crentes que acreditam que todos os Cristãos são intolerantes, julgadores, hipócritas e homofóbicos, explicou o fundador R. Brad White.

COMENTE!
Nome:

E-Mail:

Comentário:





& PROTESTANTISMO &
Desde 03 de Agosto de 2008