Outros Links
Temos o Poder de Perdoar os Pecados?
- Àqueles a quem perdoardes os pecados (Jo. 20.22-23)

A Igreja Católica Romana, com base nestes versículos, declara que Jesus deu aos Seus discípulos poder de perdoar pecados, poder esse que passou a seus sacerdotes através dos séculos.


Resposta Apologética
O poder de que nos fala o texto, bem como de Mt 18.18, é meramente no sentido declarativo. A mensagem evangélica diz: Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado (Mc 16.16), estas palavras não podem salvar nem condenar, apenas declaram que, quem não satisfizer as condições da salvação por Cristo, estipuladas por Ele mesmo, já se condenou. Assim, se não é o pregador quem condena ou salva, segue-se que ele não tem poder, de si próprio, nem para condenar nem para perdoar, seu poder é meramente declarativo.

Podemos observar que no Antigo Testamento ninguém teve poder para perdoar pecados, senão Deus (Is 40.22, 43.25). No Novo Testamento diz que só Deus pode perdoar pecados (Mt 9.2-7; Mc 2.7). Assim também podemos ver no Antigo Testamento que os sacerdotes não tinham poder de curar, mas de declarar, não podiam dar ou tirar a lepra, isto era algo exclusivo de Deus e o poder concedido aos sacerdotes consistia só em declarar e pronunciar o que Deus fizera (Lv 23.2-6, 11.13, 20, 37 e 43). Portanto, poder declarativo.

Quando Davi pecou contra Deus, o sacerdote Natã disse: ...também o SENHOR perdoou o teu pecado... (2 Sm 12.13). O poder declarativo do profeta Natã garantiu, declarando ao rei Davi, que seu pecado estava perdoado em face do manifesto arrependimento.

Este poder declarativo, que na antiga Lei foi dado aos profetas, foi outorgado aos discípulos do Senhor Jesus na nova Aliança. Assim os servos de Jesus podem declarar perdoados (isto é, os limpos do pecado) sendo ligados a Deus; e os não perdoados (portanto, os impuros, imundos), desligados de Deus (Jo 20.23; Mt 18.18). Ora, se realmente Jesus tivesse dado autoridade para perdoar pecados, algo exclusivo dEle, então o apóstolo Tomé ficou sem essa autoridade porque ele não estava com os demais discípulos (Jo 20.24). Finalmente, sabemos que a missão do Senhor Jesus foi dar a vida para a remissão dos pecados (Mt 26.28; Lc 24.47, Jo 1.29; Rm 8.2; 1 Co 15.3; Hb 9.26; 1 Jo 1.7, 9, 2.1-2, 12). Portanto só Jesus pode perdoar.


Fonte: MinistérioCACP




Os sacerdotes podem perdoar os nossos pecados? Opinem!
Nome:

E-Mail:

Comentário:





& PROTESTANTISMO &
Desde 03 de Agosto de 2008