ADQUIRA JÁ!
Livro do Colunista Hudson Lebourg
BEM VINDO!


31 de Outubro de 2017
500 ANOS DA REFORMA PROTESTANTE
Prezados,
Graça e Paz do Senhor e Salvador Jesus Cristo
Bendito Seja Deus, o Senhor de Nossas Vidas
A Razão do Nosso Viver

Devemos sempre sermos gratos a Deus pela sua infinita graça e misericórdia, por ter enviado o Teu Único e Supremo Filho, nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, declarado Santo, sem pecado e eterno. O único Mediador entre Deus e os homens e, também, o único exaltado entre os Santos Apóstolos [SOLUS CHRISTUS]. A Tua Graça que é bendita alcançou a nós, malditos pecadores, e nos tornou livres e vencedores em Teu Santo Nome [SOLA GRATIA]. Iluminou nossos corações de gerações em gerações de alegria, paz e amor por meio da fé em Teu Nome para encontrarmos a salvação [SOLA FIDE]. Por todas as nossas vidas, por todas as nossas batalhas e o que somos capazes de fazer, sempre devemos ser gratos a Deus e sempre bendizer o Teu Nome, porque todas as coisas são para a glória de Deus [SOLI DEO GLORIA]. Devemos ser gratos pela Tua Santa Palavra que é lâmpada para os nossos pés e luz para o nosso caminho que nos instrui e fortalece mantendo o nosso caráter em Cristo, o Senhor [SOLA SCRIPTURA].

Louvado seja Deus pelos 500 anos da Reforma Protestante. Amém.


Deus os abençoe
Marcell de Oliveira

ANÚNCIO COLUNISTA

COMENTÁRIOS REGISTRADOS RECENTEMENTE
[Estudos & Reflexões] Arminianismo
Publicado no site: 19 de Julho de 2018, Quinta Feira, 13h11
Nome: Elias rispim Nunes
Mensagem: Gostei muito dos comentários
Sou pastor batista e tenho alguns matérias de arminius
Gostaria de receber mateis,sobre nosso grande teólogo.

[Estudos & Reflexões] Os Evangelhos
Publicado no site: 13 de Maio de 2018, Domingo, 15h16
Nome: Pedro
Mensagem: Mas e o evangelho do príncipe deste mundo?. Atualmente apareceu também nos smartphones. Todo mundo ciscando porcarias...

[Estudos & Reflexões] A Mariologia de Lutero
Publicado no site: 02 de Maio de 2018, Quarta Feira, 21h51
Nome:
Gilberto
Mensagem: E desde quando Lutero deve ser levado à sério? Se durante a vida Lutero entra em contradição em seus discursos, não é de admirar que haja tantas seitas com opiniões diversas, e mesmo o protestantismo atual têm muitas opiniões diversas da dele. É uma decadência!

[Biografias] Fanny Crosby
Publicado no site: 23 de Abril de 2018, Segunda Feira, 19h57
Nome:
Anônimo
Mensagem: Porque nao tem em portugues um livro contando sua historia
Tenho baixa visao so agora ouvi falar dela

[Estudos & Reflexões] Apóstolo Paulo (Parte 3) - A Terceira Viagem Missionária
Publicado no site: 23 de Abril de 2018, Segunda Feira, 08h34
Nome:
Anônimo
Mensagem: Qual a cidade que Paulo pregou a noite toda

[Perguntas e Respostas] Martinho Lutero Era Maçom?
Publicado no site: 14 de Abril de 2018, Sábado, 13h56
Nome:
Ricardo
Mensagem: Na história da vida de Lutero, foram registradas muitas relações com o movimento humanista de influências importantes sendo as principais: a Escola Occamista, Pico Dela Mirandolla, Reuchlin, Staupitz e Eckhart. Estes contribuíram na formação do seu conhecimento para formular a sua antropologia e as 5 solas com base na mistura do cristianismo com o nominalismo, neoplatonismo, cabalismo e hermetismo.

A grande maioria dos personagens relacionados com o lançamento dos "Manifestos Rosacruzes" se originaram do meio luterano alemão. É de se notar que o próprio Lutero foi um dos primeiros a utilizar uma "rosa-cruz" (o "selo de Lutero", ou "rosa de Lutero") como símbolo de sua teologia. Doutrinalmente, pode-se ter havido algumas divergências, mas no início, ambas as correntes rosacruzianas e luteranas, estavam unidas com o mesmo objetivo anticlerical e Lutero foi usado recebendo muito apoio dos humanistas que, já dominavam a tecnologia da impressa, para difundir seus escritos pró-reforma com objetivo de incutir idéias favoráveis ao plano de disseminação do antropocentrismo.

O tema central dos rosa-cruzes era a reforma geral do mundo. A idéia da Reforma, que no âmbito da Igreja começou com Lutero e seus seguidores, mas que depois ficou atolada no pântano das instituições, teria de ser reavivada e difundida. Agora não se tratava mais de reformar a Igreja, mas na verdade, segundo princípios esotéricos, de reformar o mundo. O segundo plano espiritual e histórico era formado pela ânsia de construir uma nova imagem mundial global, que abrisse um novo horizonte oposto ao horizonte estreito da Idade Média e que se adequasse à mentalidade antropocentrista. Os rosa-cruzes assumiam a posição de continuadores das idéias reformistas de Martinho Lutero e consideravam como oponentes os que fossem contra a Reforma.



& PROTESTANTISMO &
Desde 03 de Agosto de 2008